Médicos e professores receberão as primeiras doses da vacinação em massa na Rússia.

A Rússia está se preparando para iniciar uma campanha de vacinação em massa contra o novo coronavírus em outubro, disse o ministro da Saúde, Mikhail Murashko, neste sábado.

 

A informação foi divulgada pela a agência de notícias russa RIA, que informou também que o ministro não deu detalhes sobre qual vacina será usada. Ele adiantou, porém, que médicos e professores serão os primeiros a receber as doses. 

A primeira vacina em potencial contra Covid-19 de Rússia, desenvolvida por um centro de pesquisa do estado, teria a aprovação regulatória local em agosto e seria administrada aos profissionais de saúde logo em seguida.

Seis meses após a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar a emergência global, o novo coronavirus matou mais de 680.000 pessoas no mundo e infectou mais de 17,6 milhões, segundo um balanço da AFP com base em fontes oficiais.