Fabrício Queiroz poderá voltar para cadeia ainda esta semana.

Fabrício Queiroz poderá voltar para o regime fechado nesta semana. O ministro Félix Fischer, do STJ, relator de seu habeas corpus, retorna na quarta-feira de uma licença médica e terá sobre sua mesa o habeas corpus do ex-chefe de gabinete de Flávio Bolsonaro.

Também será decidido por Fischer o habeas corpus de Márcia de Aguiar, mulher de Queiroz, que estava foragida e se entregou para cumprir a prisão domicilar. Os dois estão de tornozeleira eletrônica.

O regime domiciliar e a tornozeleira foram decididos monocraticamente por João Otávio de Noronha, o presidente do STJ, a quem coube todas as decisões urgentes durante as férias do tribunal.

Linha-dura, Fischer tende a revogar a prisão domicilar de ambos e mandá-los para o regime fechado.